Parceria- Tradições de natal

Desta vez eu e a Melanie decidimos trazer a parceria em formato diferente. Estando em plena época natalícia obviamente o tema não poderia s...

Desta vez eu e a Melanie decidimos trazer a parceria em formato diferente. Estando em plena época natalícia obviamente o tema não poderia ser outro. Desta vez eu partilho a opinião da Melanie relativamente as tradições de natal e ela partilha a minha relativamente ao consumismo. 

"Com os anos, tenho vindo a aperceber-me que o Natal está a ser cada vez mais interpretado de maneira diferente o que me deixa tão triste. O Natal está a começar a ser associado a consumismo e a prendas e não ao que ele realmente é: a reunião com a nossa família, com os nossos entes queridos. 
Custa cada vez mais perceber que se tem perdido a tradição do Natal. Lembro-me que, quando era pequenina, estava sempre ansiosa por abrir as prendas mas a minha mãe dizia sempre “filha, só abrimos as prendas depois de jantar”. Antes, eu não percebia o porquê. Porque é que tínhamos que jantar primeiro e só depois abrir as prendas? Além disso iríamos comer bacalhau e eu não gostava nada de bacalhau, só se fosse bacalhau com natas. Ficava triste por não poder abrir as prendas mais cedo. Ia para debaixo da árvore e via as prendas que tinham o meu nome e tentava perceber o que era, só pelo formato da prenda. Quase nunca descobria mas o facto de estar ali perto da árvore de Natal fazia-me bem! Quando somos pequenos não ligamos ao que nos rodeia, nem à reunião em família mas sim ao que vamos receber. O tempo foi passando e eu fui crescendo e comecei a olhar para as coisas de outra maneira.
Hoje, aprecio o dia e a véspera de Natal de uma forma diferente. Antes, para mim, as prendas era o que estava debaixo da árvore de Natal ou espalhado pela casa. Hoje, posso dizer que as melhores prendas é ter a família reunida. Cada vez vou percebendo mais que o Natal não são as prendas, não é a comida. O Natal é a tradição. É a reunião com a família. É o sermos bons uns para os outros. É ajudar quem necessita. Quem precisa de um dia ou dois para dar prendas quando podemos dar quando quisermos? E estar tanto tempo, à mesa com a nossa família é só em tempo de festa porque há sempre coisas a fazer. 
Por isso, para mim, Natal é quando o Homem quer. E não falo das prendas e do consumismo, mas sim da união e reunião da família."

Curiosas para saber a minha opinião? Visitem o blog dela aqui.

You Might Also Like

19 comentários

  1. obrigada pelo comentário <3
    eu concordo plenamente com as palavras dela :D

    já viram o video desta semana? testei um produto bem diferente <3

    https://www.youtube.com/watch?v=p6fAISo4P5Y

    ResponderEliminar
  2. Concordo completamente, e devíamos aplicar o bem que fazemos nos restantes dias e não só por ser Natal...

    ResponderEliminar
  3. Vou lá espreitar :)
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Amei conhecer o blog e é a pura verdade esse texto,
    desejo a você FELIZ NATAL, obrigado pela visita.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  5. É uma pena que, de facto, o Natal tenha perdido o verdadeiro significado para várias pessoas :/

    r: Descobri-a por acaso e fiquei viciadíssima :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda tenho esperança que as coisas melhorem xd

      Eliminar
  6. Adorei o texto e concordo plenamente! Cada vez mais a uniao familiar se vai perdendo...
    Beijinhos

    Blog ChocoPink / Instagram / Facebook

    ResponderEliminar

A tua opinião é me importante ♡
Se vieste para insultar, não o faças, poupa tempo♡